Salam Watandar, April 27, 2017


O corpo de uma vítima quase morta por estupro foi arrastado a cavalo em província afegã

Massoma Anwari, chefe de Assuntos das Mulheres em Ghor, confirmou o relato e disse que a mulher foi estuprada por essa poderosa personalidade oito meses atrás, e estava grávida quando foi assassinada

Funcionários da província de Ghor relataram que um homem ligado a Said Ahmad, comandante local da província de Ghor, jogou uma mulher em um vale e depois amarrou seu corpo quase morto a um cavalo, e a arrastou até a morte. O incidente ocorreu na aldeia de SamK, distrito de Dawlatyar.

Massoma Anwari, chefe de Assuntos da Mulher em Ghor, confirmou o relato e disse que a mulher foi estuprada por essa poderosa personalidade oito meses atrás, e estava grávida quando foi assassinada.

O relato foi confirmado por Farida Nasiri, diretora do Departamento Regional de Mulheres da AIHRC (The Afghanistan Independent Human Rights Commission), e Gulsoom Rezai, membro do conselho provincial.

A mulher foi morta quando retornava do hospital com a filha.

Não foi possível obter comentários de Ahmad Said (poderoso comandante local) sobre o assunto. Mas Abdul Hai Khatibi, porta-voz do governador, negou a ocorrência de tal acontecimento e declarou que ela caiu de um cavalo, vindo a falecer enquanto seguia seu caminho para resolver um problema legal com um grupo de anciãos.

Cerca de três semanas atrás, o Taliban matou duas mulheres e um homem na província de Ghor, e seus corpos foram queimados. As imagens dos corpos das vítimas foram também espalhados pelas mídias sociais.

Tradução de Edu Montesanti

Originalmente publicado em 5 de abril e 2017

Characters Count: 1614


URL for news «O corpo de uma vítima quase morta por estupro foi arrastado a cavalo em província afegã»